Começando com HTML

Independente da área que for atuar no desenvolvimento web, é importante que conheça a linguagem de marcação HTML. Afinal, ela que dá significado ao conteúdo de uma página web. A mesma foi criada em 1990, por Tim Berners Lee(físico britânico). Em 28 de outubro de 2014, a WC3 lançou a recomendação da quinta versão (HTML 5).

HTML (abreviação para a expressão inglesa HyperText Markup Language, que significa Linguagem de Marcação de Hipertexto) é uma linguagem de marcação utilizada na construção de páginas na Web. Documentos HTML podem ser interpretados por navegadores. – HTML

Versões

HTML 1.0 T. Berners-Lee and D. Connolly, Junho de 1993 - Foi a primeira versão do HTML, apresentada para o mundo.

HTML 2.0 T. Berners-Lee and D. Connolly, Novembro de 1995 - Incluía tudo, desde as especificações originais do 1.0 , mas acrescentou algumas novas funcionalidades.

HTML 3.2 Recomendação W3C, 14 de Janeiro de 1997 - Tornou-se cada vez mais evidente que uma norma se fazia necessária para as tags. Para este fim, a W3C foi fundada em 1994 para padronizar a linguagem e mantê-la evoluindo na direcção certa. Seu primeiro trabalho foi apelidado de WILBUR, que mais tarde ficou conhecido como HTML 3.2 .

HTML 4.01 Recomendação W3C, 24 Dezembro de 1999 - Foi uma grande evolução dos padrões de HTML, e a última iteração do HTML clássico. Apelidado de Cougar, a maior parte das novas funcionalidades vieram a partir da malfadada HTML 3.0 . O suporte ao navegador foi realizado surpreendentemente pela Microsoft em seu navegador Internet Explorer, e o líder de mercado IE5.

XHTML 1.0 Recomendação W3C, 26 de Janeiro de 2000 - revisado em 1 de Agosto de 2002 - Marca um afastamento da forma que as especificações tem trabalhado. Incorporando os rigores do XML, para que o código seja escrito corretamente. Sem muitas tags novas ou obsoletas, é principalmente apenas um novo conjunto de regras de codificação.

XHTML 1.1 Recomendação W3C, 23 Novembro de 2010 - É uma reformulação do XHTML 1.0 Strict, com pequenas modificações, usando alguns módulos de um conjunto definido em modularização de XHTML.

HTML 5 Recomendação W3C, 28 de Outubro de 2014 - Versão atual do HTML.

Observações:

HTML 3.0 Março de 1995 - Incluía muitas habilidades novas e melhoradas para o HTML, e prometeu oportunidades muito mais poderosas para os desenvolvedores, projetarem suas páginas. Infelizmente, os navegadores foram terrivelmente lentos na implementação de qualquer uma das novas melhorias, acrescentando apenas em alguns e deixando de fora o resto. Em parte, esta falha pode ser atribuída ao tamanho da revisão e assim a especificação HTML 3.0 foi abandonada.

HTML5 - Primeiro esboço W3C e WHATWG, 22 de Janeiro de 2008 - Em 10 de abril de 2007, propuseram que a W3C adotasse o HTML5 do WHATWG. Em Janeiro de 2008, a W3C publicou HTML5 como um Working Draft;

HTML5

Após o HTML 4.01 e o XHTML 1.0, foi proposto o XHTML 2. Com a inovação constante nas funcionalidades em sites e navegadores, o caminho que o XHTML2 estava tomando, começou a ficar pouco realista. Assim, ficou evidente que era necessário uma nova abordagem.

Em 2004, um grupo de pessoas se juntaram e começaram a construir algo próprio, fora dos procedimentos habituais da W3C. Assim surgiu o WHATWG(The Web Hipertext Application Technology Working Group), já que a W3C estava focando em linguagens baseadas em XML. Insatisfeitos com a direção que o HTMLWG (W3C) tinha escolhido para o futuro do HTML, se formou o WHATWG para mudar o futuro do HTML. A W3C percebeu que o XHTML 2.0 era impraticável e parou de trabalhar na especificação. Os esforços foram direcionados para a especificação do WHATWG sobre o HTML5.

Em 28 de outubro de 2014, finalmente saiu a recomendação da W3C sobre o HTML5.

Estrutura básica:

1
2
3
4
5
6
7
<!DOCTYPE html>
<html>
<head>
</head>
<body>
</body>
</html>
  • Doctype - É uma instrução que indica para o navegador, qual a especificação do código se deve utilizar. No exemplo acima, seria HTML5, onde ele não especifica um DTD (Document Type Definition), como nas versões anteriores. Deixando assim, por responsabilidade do navegador saber qual especificação usar.
  • html - A tag HTML, identifica o documento.
  • head - Envolve toda a parte inteligente da página. Onde se encontra as informações sobre a página e o seu conteúdo.
  • body - Onde estará todo o conteúdo que será apresentado para o usuário.

DTD na versão anterior (XHTML 1.0)

Na versão do XHTML, se pode usar 3 tipos de doctype:

Strict - Para escrever código limpo, livre de misturas entre estilo e conteúdos.

1
<!DOCTYPE html PUBLIC "-//W3C//DTD XHTML 1.0 Strict//EN" "http://www.w3.org/TR/xhtml1/DTD/xhtml1-strict.dtd">

Transitional - Junta os elementos estruturais com elementos que o W3C quer tornar obsoleto na linguagem, por misturar o estilo com os conteúdos. Deve ser usada quando somos obrigados a manter a compatibilidade com browsers que não suportam estilos CSS na perfeição.

1
<!DOCTYPE html PUBLIC "-//W3C//DTD XHTML 1.0 Transitional//EN" "http://www.w3.org/TR/xhtml1/DTD/xhtml1-transitional.dtd">

Frameset - Usa-se em documentos que contenham frames.

1
<!DOCTYPE html PUBLIC "-//W3C//DTD XHTML 1.0 Frameset//EN" "http://www.w3.org/TR/xhtml1/DTD/xhtml1-frameset.dtd">

O que acha? Ficou muito melhor, não ter que se preocupar com o doctype. :)

HTMLWG x WHATWG

Em julho de 2012, o HTMLWG e o WHATWG separaram oficialmente as maneiras de como seguir na especificação do HTML5.

HTMLWG(HTML Working Group) - W3C Recommendation Grupo de trabalho originalmente criado pelo World Wide Web Consortium (W3C) em 1997.

WHATWG(The Web Hipertext Application Technology Working Group) - HTML Living Standard Grupo de pessoas ligadas a entidades e empresas como a Mozilla, Opera e Apple, entre outros interessados na evolução do HTML.

Conclusão

Se ouvir alguém dizer que HTML é uma linguagem de programação, imediatamente a corrija. HTML é uma linguagem de marcação. Nos próximos artigos, estarei mostrando mais sobre as tags e o que é possível com o HTML5. Deixo aqui, essa introdução com a história do HTML.

Ao fechar este aviso ou continuar navegando no site Nerd Calistênico, você aceita o uso de cookies.

Este site usa cookies para assegurar a melhor experiência para os nossos usuários. Consulte nossa política de privacidade.

Uma nova versão está disponível. Clique aqui para atualizar.