Turma da Mônica - Laços

Turma da Mônica - Laços

O Floquinho desapare. Para encontrar seu cachorro de estimação, Cebolinha conta com os amigos Cascão, Mônica e Magali e, claro, um plano infalível.

Dados técnicos

Título original: Turma da Mônica - Laços

  • Data de lançamento: 27 de junho de 2019 (Brasil)
  • Direção: Daniel Rezende
  • Roteiro: Thiago Dottori
  • Gênero: Aventura
  • País: Brasil
  • Duração: 96 min
  • Classificação: 10 Anos
  • Orçamento: R$10 milhões

Elenco

Opinião

Tenho que assumir que sou da geração da Turma da mônica, mas nunca li um gibi. Com isso, infelizmente creio que não aproveitei o longa ao máximo.

A primeira coisa que precisamos saber, é que esse filme foi inspirado no livro com o mesmo nome, que faz parte de uma trilogia.

Trilogia Turma da Mônica

Sem dúvida nenhuma a escolha de Giulia Barreto, para interpretar a Mônica, foi um tiro certeiro. Gerando até um pouco de frustração por causa do Cebolinha ser o foco da história e não ela.

Conseguiram fazer um bom trabalho de produção quanto aos cenários e caracterização. O desenrolar da história fica bem suave.

Talvez alguma crítica que eu tenha, seja quanto a parte dramática em 2 momentos. O primeiro momento foi com o Cebolinha e no segundo incluia a Mônica. Foram momentos de emoção quando os personagens começavam a chorar. O tempo ficou um pouco longo, como se fosse um momento forçado para que fosse emocionante. Na parte com a mônica que tinha uma escolha de caminhos, foi algo que até gostei, mas ficou meio solto e meio explícito que a intenção era para fazer o público se emocionar.

O comentário que não posso deixar de fazer, é a respeito de achar que o Maurício de Sousa, deve estar bem irritado com o DPA (Detetives do Prédio Azul). Porque é inivitável não comparar as roupas e que DPA foi lançado antes no cinema com 2 filmes. D.P.A - O Filme de 2017 e D. P. A. 2 - O Mistério Italiano de 2018. E esse longa da Turma da Mônica, começou a ser produzido em 2017.

Apenas uma treta que estou tentando implantar, mas vem a mente quando enxergamos as roupas com as cores vermelho, amarelo e verde.

Continuando, a história tem um roteiro bem inocente e exemplifica bem a essência do que se pode encontrar na história da turma, ao longo dos anos. Foi bem interessante ver um enredo simples, mas não imensamente bobo. Geralmente em séries e filmes para crianças, o desfecho é bem bobo, mas nesse longa se teve coerência nas soluções e planos infalíveis.

A sensação ao término do filme, é que seria uma boa série. Agora, ao saber que se faz parte de uma trilogia, o filme fica mais interessante ainda.

É claro que é voltado para o público infantil e para os adultos que passaram a infância com a Turma da Mônica, mas também agrada pessoas que acompanharam todos esses anos, mesmo de longe.

O longa se mostra um grande incentivador para conhecermos os livros e esperar os próximos filmes.

Antes de iniciar o filme, já podemos ver que o cinema no Brasil, é complicado. Precisaram de tanto patrocínio e empresas para que esse projeto fosse realidade, que fico com receio que não se tenha os próximos filmes.

Espero que os 2 próximos filmes se tornem realidade, pois vale ter esses livros e a história da Turma da Mônica, registrada no cinema.

Já estou interessado no box com a trilogia. Vamos conhecer mais os bons legados que temos no Brasil.

Ao fechar este aviso ou continuar navegando no site Nerd Calistênico, você aceita o uso de cookies.

Este site usa cookies para assegurar a melhor experiência para os nossos usuários. Consulte nossa política de privacidade.

Uma nova versão está disponível. Clique aqui para atualizar.