Os Reis da Rua

Os Reis da Rua

Tom Ludlow (Keanu Reeves) é um veterano policial que enfrenta problemas desde a morte de sua esposa. O mesmo sai em uma busca dos assassinos de seu ex-parceiro. Durante o processo, questiona a lealdade de todos ao seu redor, incluindo a do capitão Jack Wander (Forest Whitaker), seu mentor.

Com Keanu Reeves, Forest Whitaker, Hugh Laurie, Chris Evans, Cedric The Entertainer, Common, Amaury Nolasco, Naomie Harris, Terry Crews e mais.

Título original: Street Kings

  • Data de lançamento: 18 de abril de 2008 (Brasil)
  • Direção: David Ayer
  • Roteiro: James Ellroy, Kurt Wimmer e Jamie Moss
  • Gênero: Policial e Ação
  • País: EUA
  • Duração: 109 min
  • Classificação: 16 Anos
  • Orçamento: $20 milhões

Personagens em destaque: Detetive Tom Ludlow Keanu Reeves, Capitão Jack Wander Forest Whitaker e Capitão James Biggs Hugh Laurie.

O longa nos faz relembrar de filmes como Point Break (Caçadores de emoções) e Speed (Velocidade máxima). Ambos, protagonizados por Reeves. O mesmo esquiva de balas, quebra regulamentos em nome da lei e etc..

Temos um elenco de peso, uma história policial, onde o mocinho tem grandes problemas e não é tão limpo, aos olhos da justiça.

O filme se mantém na atmosfera dos longas com o mesmo segmento, dos anos 80 e 90. Onde temos um herói que age como um justiceiro, muito tiroteio, ação e suspense que se envolve na investigação.

O roteiro é baseado na história The Nightwatchman, escrita por James Ellroy em 1990. O diretor não conseguiu aproveitar todos os personagens, investindo em uma narrativa curta.

O longa divide muitas opiniões, até porque o elenco é bem conhecido por outros trabalhos e isso interfere com a comparação automática.

Particularmente, a lista no comando do diretor, me agrada, como: Swat - Comando especial, Dia de treinamento, Velozes e furiosos, Marcados para morrer, Sabotagem e Corações de ferro.

E não vamos esquecer, que o mesmo está no comando de Esquadrão suicida, que será lançado nesse ano. Assim, podemos confiar na parte de ação, mas ainda preocupa o tom nas tiradas de comédia e a abordagem dos personagens.

Então, mesmo Reeves, não sendo tão carismático para o papel e os coadjuvantes, não tendo a atenção merecida, acredito que não fazem o filme ser decepcionante.

Temos bons ingredientes para um filme de ação, que mesmo não sendo um dos melhores trabalhos do diretor, não mancha a sua lista de trabalhos.

Conclusão

Um filme para conferir mais uma vez a atuação de Reeves e é um bom entretenimento de ação.

Ao fechar este aviso ou continuar navegando no site Nerd Calistênico, você aceita o uso de cookies.

Este site usa cookies para assegurar a melhor experiência para os nossos usuários. Consulte nossa política de privacidade.

Uma nova versão está disponível. Clique aqui para atualizar.